...
NÃO IMPORTA QUEM SOMOS PEDESTRES, PASSAGEIROS, CICLISTAS, MOTOCICLISTAS OU MOTORISTAS ▬ TODOS NÓS DEVEMOS ESTAR ATENTOS E EXERCER A SEGURANÇA QUANDO ESTAMOS NO TRÂNSITO.

Seguidores

13 de setembro de 2016, dia histórico! MUITO OBRIGADO MPF e Policia Federal - MUITO OBRIGADO!


Neste dia 13 de setembro de 2016, brilhou a coragem dos fervorosos e jovens paladinos do MPF e da Policia Federal, atitude de quem ama a pátria onde nasceram. E, como patriotas e força de vontade em darem o melhor de cada um ao seu pais, hoje tornaram público a verdade escondida pelo impatriotismo no ego mentiroso de interesses escusos.

Nós, povo brasileiro nos orgulhamos de vosso heroico trabalho, hoje podemos finalmente aplaudir, nos emocionar e chorar de alegria, MUITO OBRIGADO jovens senhores do MPF e da Policia Federal, vosso caminho é longo! MUITO OBRIGADO!

Brava gente brasileira!
Longe vá temor servil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil


Ataque de coração – Saúde sobre rodas

Caros taxistas e demais motoristas, mas principalmente aqueles que por força da profissão dirigem longas distâncias e ficam por mais tempo fora de casa e acabam se descuidando da saúde.

Também temos que incluir o cidadão comum, que vive para seu trabalho e apenas dirige seu veículo como forma de locomoção.

Hoje nossa prosa é sobre um “ataque de coração.”

Depois de um dia de trabalho especialmente difícil, seu veículo está preso no trânsito

Está realmente cansado e frustrado...

TENSO, MAL DISPOSTO E ALGO ESTÁ TE INCOMODANDO...

Ilha de Marajó - Por Thymonthy Becker


Quando Gabriel García Márquez idealizou o cenário de Macondo em seu romance “Cem anos de solidão”, ele certamente não tinha em mente a Ilha de Marajó, a oeste da foz do Rio Amazonas, às margens do Rio Pará e do Atlântico.

Estrada da Graciosa - Serra do mar paranaense - Por Arno Mario Müller

A Estrada da Graciosa é uma estrada do Estado do Paraná que interliga os municípios de Antonina e Morretes, situados na planície litorânea, ao município de Quatro Barras, situado no primeiro planalto paranaense, vencendo um desnível médio de 900 m constituído pelas escarpas da Serra do Mar.

Sua construção foi iniciada em 1854 por ordem do primeiro Presidente da Província do Paraná, Conselheiro Zacarias de Góis e Vasconcelos.

No seu traçado foi aproveitado parcialmente o Caminho da Graciosa que, por muitas décadas, foi usado por tropeiros que faziam o transporte de mercadorias entre o litoral e o primeiro planalto.

Até a década de 1960, a Estrada da Graciosa era a única via pavimentada do Estado do Paraná.

Bryan – Histórias que o povo conta


Ele quase não viu a senhora, com o carro parado no acostamento. Mas percebeu que ela precisava de ajuda. Assim parou seu carro e se aproximou.

O carro dela cheirava a tinta, de tão novinho. Mesmo com o sorriso que ele estampava na face, ela ficou preocupada. Ninguém tinha parado para ajudar durante a última hora. Ele iria aprontar alguma? Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto.

Ele pode ver que ela estava com muito medo e disse:

- Eu estou aqui para ajudar senhora. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Bryan.

Bem, tudo que ela tinha era um pneu furado, mas para uma senhora era ruim o bastante. Bryan abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Logo ele já estava trocando o pneu. Mas ele ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos.

Um incidente na Ponte do Riacho da Coruja - An Occurrence at Owl Creek Bridge - Por Ambrose Bierce

Ambrose Gwinnett Bierce, nasceu em Ohio no dia 24 de junho de 1842 e dado como desaparecido no Mexico em 1914, é o décimo entre 13 filhos, de um casal humilde, mas literário, que transmitiram ao filho amor pelos livros e a escrita, levando-o a iniciar sua vida profissional aos 15 anos como jornalista, num pequeno jornal em Ohio, transformando-se em editor, contista, fabulista, e satírico, foi sarcástico da natureza humana recebendo o apelido de “o amargo Bierce”.

Seu estilo literário abraça referências a ciclos temporais, descrições limitadas, eventos impossíveis e temas da guerra.

O autor, então com 19 anos, alistou-se no Exército da União, no início da Guerra Civil Americana, participou de várias batalhas com experiências aterrorizantes, que se tornaram a sua fonte para várias histórias curtas, e mais tarde escreveu um livro de memórias "O que eu vi de Shiloh". Se destacou quando, de forma ousada, abaixo de fogo intenso, resgatou um soldado gravemente ferido na batalha de Rich Mountain.

Mas, em junho de 1864 na batalha da montanha Kennesaw, sofreu um grave ferimento por uma bala que perfurou seu crânio, circundou sua cabeça e foi alojar-se no outro lado, próximo ao ouvido, que o afastou da guerra.

Em seus contos, o autor descreveu cenários sombrios com momentos e enredos de terror, razões que levou alguns de seus mais ácidos críticos literários, levantarem a hipótese de que esse grave acidente na guerra afetou sua mente. Mais recentemente, o editor da Revista Legendary Times, Senhor Giorgio Tsokaulos, representante de uma nova geração de pesquisadores do fenômeno ufologia, confundiu ainda mais a história do autor e fez a seguinte citação, "de certa forma, esse acidente revitalizou o seu cérebro conectando-o com extraterrestres".

Ao nosso entender percebe-se que o autor, Senhor Ambrose Bierce, ao assimilar os conhecimentos literários transmitidos por seus pais, foram a base  para aos 15 anos, iniciar sua vida na carreira jornalística num pequeno jornal em Ohio, desenvolvendo a perspicácia na arte de escrever. Depois como soldado, durante a guerra civil americana, tirou proveito de sua experiência na carreira jornalística,  registrando fatos e ideias, tornando-se fácil para o autor narrar atitudes do gênero humano de sua época.

Este conto foi descrito numa época onde casos de sabotagem, ou traição para com a pátria, eram sumariamente enforcados.

Um incidente na Ponte do Riacho da Coruja - "An Occurrence at Owl Creek Bridge" - Por Ambrose Bierce

A partir de uma ponte ferroviária no norte do Alabama, um homem observava o rápido fluxo de água seis metros abaixo. Suas mãos estavam atrás das costas, pulsos amarrados com uma corda; outra corda em volta do pescoço e amarrado em forma de cinta sobre sua cabeça com a ponta pendendo até os seus joelhos.

Alguma das tábuas soltas colocadas sob os dormentes dos trilhos, foi usada como um suporte a ele e seus executores, dois soldados da federal, sob o comando de um sargento, que na vida civil deve ter sido homem da lei. Não muito longe deles, no mesmo piso da ponte de madeira, era um oficial do exército com emblemas de graduação; ele era o capitão.

Em cada lado da ponte tinha um vigia com armas, o cano do rifle sobre o ombro esquerdo e culatra apoiada no antebraço transversalmente cruzados sobre o peito, a postura forçada que obriga o corpo a permanecer na posição vertical. Estes dois homens não estão interessados no que estava acontecendo na ponte. Eles apenas estavam bloqueando os acessos da ponte. Na frente de um dos vigias não havia nada; a estrada de ferro penetrava em uma floresta por algumas centenas de metros e, desaparecia na curvatura. Sem dúvida, não muito longe dali, havia uma posição de liderança.

Neve - Estamos preparados para dirigir nela?

A neve é um espetáculo deslumbrante da natureza e como não é todo dia que o fenômeno acontece, para não perder a festa, geralmente colocamos as crianças no carro e vamos “curtir” o evento.

Porém a agressividade da temperatura poderá ser um “caos”! Na dúvida não arrisque! Não exponha a saúde de sua família, ou vir a sofrer um acidente.
Para quem está realmente disposto a desfrutar da neve, existe algumas regras básicas que não podemos esquecer.

Quando estamos preparados temos o vigor necessário para lidar com o inesperado, do contrário o medo poderá nos tornar suscetíveis a acidentes.
Primeiro devemos levar em conta a segurança da família, tais como a saúde, a alimentação, água, calçados, vestuário adequado e especial atenção com a baixa da temperatura, pois é extremamente adversa ao que estamos acostumados, e pode provocar algumas enfermidades como gripe, bronquite, pneumonia e etc.

Ilha tropical indoor - Berlim - Alemanha

Há um paraíso tropical escondido em uma cobertura semelhante de um Hangar! 
Situado a 40 milhas - 64,373 quilometros, ao sul de Berlim. É um parque aquático do tamanho de oito campos de futebol, dentro de uma enorme cobertura na forma de um hangar.
Tão grande, que poderia abrigar a Estátua da Liberdade em pé, ou a Torre Eiffel deitada ao seu lado, ou oito campos de futebol inteiros.

Seu veículo está parado por falta de algo imprescindível?

Adaptador para dois carburadores 446
Colecionadores, apaixonados por carros antigos, ou veículos fora de série, seu veículo quebrou e você não encontra mais peças sobressalentes, tente contatar o Felipe Raad.

Felipe Raad - Designer Mecânico com experiência em carros fora de série (Hot Rod, Street Rod e performance).

Conhecedor de carros antigos dos anos 20 aos anos 70, diversas marcas.

No ramo há mais de 40 anos, projetos, confecção e comércio de equipamentos, em alumínio, para motores de alta performance e fora de série.

O que o cliente pedir, entre eles,

Flanges em Alumínio,

Vamos reconstruir nosso BRASIL

Vamos reconstruir nosso BRASIL...
É hora que cada um de nós reconstrua, por menor que seja a fazer, tudo que o bom senso nos diga no cumprimento de nosso dever de patriota.
Amarelo no amarelo, azul no azul e verde no verde!
Nossas cores são lindas, com estrelas brancas envoltas pelo azul!
Nossos hinos são eternos!

Preso à família, um caso espiritualista – Por Luciana Costa


Um espírito recém-desencarnado, ao sofrer o acidente de carro que tirou sua vida física, viu-se instantaneamente no lar onde residira com sua esposa, os três filhos e seus pais já idosos.

Isso ocorreu, porque no momento em que viu a carreta descontrolada indo na direção do seu automóvel, o primeiro pensamento que lhe veio à mente foi o da sua família. Devido à gravidade do acidente sua desencarnação foi instantânea.

Ao ver-se em casa, acreditou que a imagem do acidente não passara de um sonho.

Sua esposa estava na cozinha auxiliando a empregada no preparo da refeição quando se aproximou e sentindo o cheiro agradável da comida, exclamou:

“– Bobó de camarão! Minha comida preferida!

A esposa nada sentira quanto a sua presença, no entanto a empregada sim e disse à senhora:

Nossa! Estou sentindo o perfume do seu marido. Acho que ele voltou!

A esposa olhou-a assustada e respondeu:

Imagina! Ele saiu bem cedo. Nem sequer havia amanhecido quando apanhou o carro para sair. Pelo horário deve estar chegando ao seu destino. Sabe o que eu acho? Ele deve estar pensando no bobó de camarão, pois lhe disse que faria e guardaria um prato para ele.

Torre Eiffel, sua história e seus segredos


A Torre Eiffel foi odiada, amada, vendida, copiada, doada, e hoje tão venerada, é visível a partir de qualquer lugar de Paris, sua história a faz majestosa, não há quem pense na França e não a veja como referência, é o principal símbolo do país, deixa a todos fascinados, tornando-se na atualidade um dos monumentos mais visitados do mundo moderno.

Inaugurada em 31 de março de 1889, foi planejada e construída como uma estrutura temporária para dar um toque especial como portal de entrada na Exposição Mundial de 1889, realizada entre 6 de maio a 31 de outubro desse ano, para marcar a data do centenário da Revolução Francesa em Paris (Queda da Bastilha).
(clique em qualquer foto para ver no tamanho original/ou como slide)
Foi considerada uma estrutura revolucionária para sua época, porém, assim como todos os pavilhões da Exposição Mundial foram demolidos, também deveria ser demolida, porém serviu para pesquisas meteorológicas, e tamanha foi a discussão “desmancha não desmancha” de prós e contras em torno dela, que graças ao bom senso do povo parisiense não foi demolida.

Sexy Machines dos anos 30 e 40, que ainda estão na estrada!

Estas máquinas foram únicas abaixo dos refletores, nos filmes que participaram, tornaram-se protagonistas ao roubarem a cena, e se eternizaram.

São poucas e exclusivas, mas continuam rodando pelo mundo, máquinas que encantaram por onde passaram, mas também causaram muita inveja, enfim, máquinas sedutoras que deixaram a muitos homens malucos por elas.

Ford e Google, com possíveis planos para construir o primeiro veículo autônomo em série

De acordo com relatórios que vieram a tona neste finalzinho de 2015, Ford e Google estão em negociações para a construção de veículos autônomos Google, um veículo tão esperado por muitos.

Segundo vários meios de comunicação que estão chegando de Detroit, as duas empresas gigantes Ford e Google, estão negociando um contrato para fabricação desse veículo por tempo não especificado.

As notícias do acordo poderão ser confirmadas durante a primeira semana de janeiro, como parte da convenção anual da CES (International Consumer Electronics Show), em Las Vegas.

Ford não confirma e nem desmente um possível acordo, enquanto os funcionários do Google confirmaram que a empresa está em negociações com montadoras para produzir seu veículo anunciado há algum tempo atrás.

As fontes citam que possivelmente será criada uma empresa “joint-venture” e assim protegeria Ford de uma potencial responsabilidade.

Um pedido a motociclistas pragmáticos que amam a liberdade e a natureza...

O verão chegou, tempo aberto, é hora de tirar a capa empoeirada do bebê, depois a limpeza, revisão, e ajustar o escapamento, agora abra o peito, e declare seu amor por ela, com uma grande bravata, “você é o meu bebê, e como sou bonzinho, vou te levar para tomar um ar fresco”.

Pois é gente, o escapamento de muitas motocicletas está se tornando um grande problema para o ouvido de muitos, porém para o motociclista que ama a família, e sabe desfrutar do prazer da liberdade, a motocicleta é tudo e mais um pouco.

E que felicidade sentir a brisa no peito e depois beijar o asfalto!

Obras da natureza que nos tiram o fôlego

Obras da natureza que nos tiram o fôlego e nos inspiram na busca dos porquês da vida, então percebemos, que nada está ao acaso, tudo tem uma razão e o porquê de estar ali.


OKTOBERFEST Multicultural em Munique? - Por Norberto Toedter

O poeta e escritor Norberto Toedler, levanta a deplorável situação que passa a Alemanha, ao é receber uma multidão de refugiados com costumes, culturas diferentes e com carências e exigências.

Procurei notícias sobre como teria se desenvolvido este ano a tradicional OKTOBERFEST em Munique. Estava marcada para acontecer entre 19 e setembro e 4 de outubro. Ao mesmo tempo estavam chegando diariamente 10 mil “refugiados” à estação ferroviária central da cidade. Nada vi nos noticiários, nem o Google esclarece alguma coisa.

Em compensação encontrei o texto de uma carta que uma médica tcheca escreveu a um amigo. Ela é anestesiologista e trabalha num hospital de Munique. Veja o que está acontecendo no atual ambiente multicultural da Alemanha, segundo o que ela relata e eu traduzi do inglês.

Crateras que se abrem de repente, também conhecidas como sumidouros - Sinkholes - Por BBC Brasil

O segredo por trás das crateras que se abrem de repente na terra.

Uma imensa cratera se formou na noite do último sábado em uma área de camping em uma praia popular de Queensland, no nordeste da Austrália.

O poço, de 150 metros de diâmetro com muitos metros de profundidade, engoliu um carro, uma van e barracas, mas não deixou vítimas nem desaparecidos.

A área foi evacuada e 140 pessoas tiveram que deixar o camping, pois se teme que as correntes marítimas possam aumentar o tamanho da cratera.

Ele é bem mais comum do que se pensa, e já ocorreu em vários cantos do planeta. Só nesta mesma praia, outro gigantesco buraco já tinha aparecido havia quatro anos.