...
NÃO IMPORTA QUEM SOMOS PEDESTRES, PASSAGEIROS, CICLISTAS, MOTOCICLISTAS OU MOTORISTAS ▬ TODOS NÓS DEVEMOS ESTAR ATENTOS E EXERCER A SEGURANÇA QUANDO ESTAMOS NO TRÂNSITO.

Seguidores

Rotas de Escape ou Rampas de Fuga salvam vidas, o equipamento e a carga

Para a segurança de todos sempre deveremos ter em mente uma saída de emergência, independente do tamanho de nosso veículo. 

Uma técnica sadia ao bom motorista é olhar sempre para nossas laterais, tendo sempre em mente um espaço vazio - nas laterais - no caso de que nos exija uma manobra mais rápida, e, aos espelhos para saber quem vem de trás se esta muito colado ou esta entrando em nossos pontos cegos.

Na falta de freios, busque rapidamente por uma rota de saída, podendo ser uma rua lateral ou áreas abertas e vazias.


Subir é uma excelente maneira de reduzir a velocidade de um veículo e para-lo.

O acostamento é uma das mais seguras rotas de fuga para qualquer motorista que conduza veículos pequenos ou grandes.

As Rampas de Escape têm sido construídas em muitas estradas em declive, nas áreas montanhosas e são usadas para permitir parar com segurança aos veículos fora de controle sem fazer danos ao motorista e passageiros que compartilham a estrada conosco.


Geralmente as Rampas de Fuga têm um leito longo e largo — pedregulho, areia ou cascalho — portanto, material solto e leve para atolar e diminuir a velocidade de um veículo descontrolado, muitas vezes construídas em forma ascendente (aclive).


Normalmente quando inicia-se uma descida há sinalização indicando a existência de uma Rota de Escape, com a distância e se está a direita ou esquerda.

Um motorista “seguro” antes de uma viagem principalmente em áreas montanhosas, trata de conhecer onde estão as rotas de fuga ou saídas de emergência.


Qualquer condutor ao perceber a perda dos freios, quanto mais tempo demore para buscar uma saída de emergência, seu veículo estará aumentando a velocidade e será mais difícil em detê-lo.


Recomendações

Boa vontade em construí-las.
Não há um tamanho ou formato padrão para construção,

Precisam ser longas e largas,
Geralmente são adaptadas as condições e asperezas do local.
Sinalizadas com muita antecedência,
Sinalização visível e legível,

Sinalização proibindo atividades ou estacionar nas proximidades,
Acessos de entrada e áreas laterais totalmente desimpedidos e visíveis,

Cascalho sempre nivelado e limpo, e,
Caixa de chamada com telefone nas proximidades,
Se possível uma pequena via de apoio na lateral para os serviços de resgate.


O principal objetivo de ter em mente uma rota de fuga, é jogar possíveis acidentes para fora do transito, isto é diminuir o impacto sobre o patrimônio e principalmente proteger vidas.
















Rotas de Escape ou Rampas de Fuga salvam vidas, o equipamento e a carga
por Wilson Candeias

Nenhum comentário:

Postar um comentário