...
NÃO IMPORTA QUEM SOMOS PEDESTRES, PASSAGEIROS, CICLISTAS, MOTOCICLISTAS OU MOTORISTAS ▬ TODOS NÓS DEVEMOS ESTAR ATENTOS E EXERCER A SEGURANÇA QUANDO ESTAMOS NO TRÂNSITO.

Seguidores

Exército mais uma vez fazendo bonito no Nordeste!

Exército mais uma vez fazendo bonito no Nordeste!

As notícias atuais estão muito desalentadoras e acabam nos entristecendo a ponto de nos desanimar de seguir em frente.

Nós cidadãos comuns, sentimos um futuro sombrio sobre o povo brasileiro, parece que perdemos a perspectiva do horizonte e a coragem de lutar para não sermos confundidos com a mazela e a reinante falta de bons exemplos, somente temos uma certeza, não perdemos a dignidade.



Todavia ainda nos rendemos com atitudes como esta, para HOMENS que lutam em favor do bem coletivo.

Não se percebe em nenhum deles com pedras, paus, colocando fogo em ônibus, invadindo propriedades alheias, ou com coquetéismolotov sendo atirados contra os demais. 

Vemos sim, mãos calejadas e sorrisos de felicidade no encontro de seu povo!

Exército inaugura poço artesiano movido a energia solar no RN

Obra beneficiará 32 famílias na cidade de São João do Sabugi, no Seridó.

Poço será primeiro a utilizar energia solar como sistema de abastecimento.

Cisterna terá capacidade para armazenar
10.000 litros de água (Foto: Exército Brasileiro)

O mesmo sol que não dá trégua para chuvas alimentará a fonte de água de uma comunidade rural na região Seridó do Rio Grande do Norte.

Como parte das obras de combate à seca, o Exército Brasileiro inaugura nesta sexta-feira (20) um poço artesanal movido a energia solar no Sítio Juá, localizado no município de São João do Sabugi.

O Comando Militar do Nordeste tem a meta de instalar 200 poços artesianos na região nordestina.

Poço movido a energia solar beneficiará 32
famílias no Sítio Juá (Foto: Exército Brasileiro)

O poço do Sítio Juá será o primeiro dos poços que estão sendo construídos no Nordeste a utilizar a energia solar em caráter experimental. A obra beneficiará 32 famílias da comunidade rural. Antes da nova forma de abastecimento, os moradores precisavam buscar uma água de qualidade ruim nas proximidades ou aguardar a chegada dos carros-pipa trazidos pelo Exército Brasileiro. O poço tem 60 metros de profundidade e uma vazão de 1.000 litros de água por hora.

O sol servirá como fonte de energia para movimentar a bomba hidráulica, armazenando água na cisterna com capacidade para 10.000 litros. O Exército acrescenta que a fonte de energia irá desonerar tanto a prefeitura da cidade quanto a população, fornecendo água de boa qualidade com baixo custo de operação e manutenção.

A perfuração e instalação de cada poço artesiano custa entre R$ 10 mil e R$ 30 mil, fora os custos adicionais para a construção da “edícula”, que consiste na última fase da obra, onde uma estrutura é construída para abrigar o poço. Nessa área de 100 metros quadrados é levantada uma cerca com arame farpado, edificada uma casa de bombas, instalado o suporte para a caixa d’água e realizadas as instalações elétricas e hidráulicas, além das ligações e torneiras.

Meta do Exércio é perfurar 200 poços no
Nordeste (Foto: Exército Brasileiro)

O valor de perfuração vária de acordo com a profundidade e o tipo do solo. Os sistemas de bombeamento podem ser elétricos, eólicos ou solares. 

Até o momento 42 poços foram perfurados e instalados nos estados do Rio Grande do Norte (Caicó, Equador, Lagoa Nova, Parelhas, São João do Sabugi, São José do Seridó, Rafael Fernandes, Encanto), Ceará (Crateús e Tauá) e Paraíba (Juazeirinho, Solânea e Cajazeirinhas).

No total, o Exercito Brasileiro vai perfurar e instalar 200 poços artesianos no Nordeste, dos quais 40 no RN, 40 no Ceará, 40 no Piauí, 40 na Paraíba e 40 na Bahia. As obras ficam por conta das cinco unidades militares diretamente subordinadas ao Comando do 1º. Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro.

A inauguração do poço movido a energia solar de São João do Sabugi contará com uma apresentação da Banda de Música da Guarnição Militar de João Pessoa no Sítio Juá. A solenidade contará com a presença de autoridades militares e civis.

                         HINO NACIONAL BRASILEIRO


Primeira ParteSegunda Parte
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heroico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido,
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo
És mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!
Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores,
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores". (*)

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
- Paz no futuro e glória no passado.

Mas se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo
És mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!


Fonte do Tema: Pesquisa livre na internet
Poderá gostar de conhecer:

Nenhum comentário:

Postar um comentário